Um apelo à padroeira de Granada

El autor en clave de humor expresa la crítica al Ayuntamiento de Granada por celebrar el voto a la «patrona» por librar la ciudad de los terremotos

Eu vim de Lisboa para Granada para implorar à sua padroeira a Virgem das Angústias. Se está protegendo Granada dos terremotos (desde pelo menos 1884, secondo diz o prefeito José Torres Roubado e câmara municipal cada 26 de dezembro), por que ela não faz a mesma coisa na minha cidade em 1531 e 1755? Se é uma questão de competências territoriais, eu lhe peço que fale com outras Virgens para se repartir a tarefa de proteção. Mas, pelo amor de Deus, que não nos proteja a Virgem das Dores, padroeira de Areias do Rei! (nem o Cristo da Saúde, padrão de Albolote!).

João António Aguileira

Ayuntamiento Granada ante virgen Angustias terremotos 2013

Ayuntamiento de Granada ante la Virgen de las Angustias, «patrona de Granada» renovando el año pasado los votos por librar a la ciudad de los terremotos

medalla virgen Angustias Granada 2013

Print Friendly, PDF & Email

También te podría gustar...